Portfólio

Correr na rua ou na esteira?

Clique para ampliar

 

Desta vez, decidi fazer um post mais voltado à saúde – e também à beleza, claro. Nessa época, as academias começam a ir enchendo aos poucos, até a sua lotação máxima, quando o calor chega de verdade. Afinal, é a temporada em que todo mundo faz questão de estar com as medidas em ordem.

Faço academia e a maioria das pessoas que vejo correndo nas esteiras (e não simplesmente caminhando) é homem. Nas ruas e nos parques, a mesma coisa, vejo sempre mais homens. E se o gosto de vocês pela corrida é maior, decidi explicar um pouco qual a diferença entre correr na esteira ou na rua. Quem me ajudou foi o dr. Maurício Póvoa Barbosa, ortopedista e médico do esporte da Clínica Orthobone. Bora lá!

Esteira

Ótima para quem está começando. Ela é segura, constante e o amortecimento dela diminui o risco de lesões. Maravilha! Tem quem não goste, por se sentir um hamster, mas ela te ajuda a controlar a sua corrida. Você mantém uma constância, sabe exatamente em que velocidade está, quanto já correu, qual é o seu batimento cardíaco e até uma média de quantas calorias perdeu. Principalmente para quem está no início, que faz aquele treino que intercala 2 minutos correndo e 2 minutos caminhando, dá para ter muito mais noção. E outra: sem a possível irregularidade das calçadas e das ruas, né?

Mas – sempre tem um ‘mas’ –, por ser tão segura assim força menos a corrida. Por isso, é indicada principalmente para quem tá começando.

Rua

Começar correndo na rua não é o mais indicado, como já disse. A principal diferença da rua para a esteira é que, na rua, é preciso empurrar o chão, que faz com que você trabalhe mais a parte posterior da coxa. Na esteira, o chão já se move sozinho embaixo. Então o esforço na rua é muito maior. Isso sem contar o vento. A resistência ao vento representa um esforço até 10% maior. E mais: na esteira, o centro do seu corpo fica parado. Na rua, isso não acontece. Com isso, há também um esforço maior para você empurrar seu corpo para frente.

A corrida na rua é indicada, mesmo, para quem tem mais experiência. Primeiro, pelo maior desgaste físico, ideal para quem já tem um certo preparo, e pela falta de controle, diferente da esteira, como eu comentei ali em cima. Afinal, você não tem uma constância de velocidade e tudo mais.

Ambas fazem bem. Correr é uma delícia e todos deveriam incluir em suas rotinas. Por isso, corram!