Portfólio

Dicas de segurança

Clique para ampliar

 

Corrida

Diferentemente da caminhada, esse tipo de exercício deve ser feito por quem já tem alguma prática. “Dependendo do condicionamento físico da pessoa, ela pode sentir mais dificuldade ao correr na praia devido ao terreno irregular e à aderência da própria areia”, salienta David Homsi. Para os iniciantes o ideal é correr na areia batida ou na calçada, pois exige menos esforço do que a areia fofa. “Na areia o esforço muscular é maior e, por isso, podem ocorrer contusões, estiramentos, dores nas costas ou até torções no tornozelo”, diz Alexandre Póvoa. A corrida aumenta a resistência cardiovascular e fortalece os membros inferiores, além de eliminar cerca de 500 calorias em apenas uma hora de atividade.

Musculação

Para aqueles que não conseguem deixar os pesos nem mesmo no período de férias, a praia pode se tornar uma academia natural cheia de possibilidades. Aproveitar o peso do próprio corpo pode ser uma alternativa para quem faz exercícios com pouca carga mas deseja manter os resultados que obteve malhando na academia. Para os mais ousados e experientes, que desejam pegar um pouco mais pesado na malhação, fazer barra fixa, levantar elementos da natureza como pedras e troncos, carregar água e fazer agachamentos com mochila são algumas opções. Mas cuidado, pois “a carga excessiva pode afetar o sistema cardiorrespiratório, causar contusões e inflamações nos músculos”, finaliza Alexandre Póvoa