Portfólio

Por trás das pegadas

Clique para ampliar

 

Correr na praia é tudo de bom! Mas você precisa ficar esperta aos cuidados que tem de ter no momento da prática. Maurício Póvoa Barbosa, ortopedista e médico do esporte da Clínica Orthobone, enumera-os.

Areia fofa ou batida?

O primeiro terreno trabalha força específica, sendo que a areia serve como uma resistência extra a ser vencida. Já na areia batida não existe muito impacto, se comparado ao asfalto, e isso diminui o estresse nas articulações, o que é muito bom para o início da temporada de treinos. Portanto, o ideal é alternar os dois terrenos.

Fuja das inclinações

Em muitas praias, especialmente nas “de tombo”, o desnível pode ser grande, até inviabilizando a corrida. Se não houver opção de uma praia plana ou quase, é melhor esquecer os treinos na areia, pois os malefícios serão maiores que os benefícios. Você pode ter uma lesão nos joelhos, por exemplo.

Com ou sem tênis?

O correto é que você não faça o treino na praia descalça. Se a areia for fofa, não existe contradição, pode colocar o pé na areia. Mas na parte mais dura é importante usar um tênis com amortecedor.

Melhor horário

Antes das 10h e após as 16h.